Benvido ao antigo chuza. Esta web é de só lectura. Preme aquí para ires ao novo Chuza!
 
17votadas
pechado

Por que razão o galego é invisível para os portugueses?

Na Galiza, discute-se se o galego e o português são ou não a mesma língua. Por cá, muitas pessoas nem sequer conseguem distinguir o galego do espanhol. Para muitos de nós, o galego é invisível. O galego apresenta-nos sinais que o associam ao espanhol. Ignorá-lo é ignorar muito de nós próprios.

 1 comentarios en: Cultura, Língua karma: 65
8votadas
pechado

Quem é Pablo Iglesias de verdade. Ou Pablo Iglesias diz-nos o que pensa ou de cada vez diz o que pensa que lhe convém

O líder de Podemos respostou ao pedido de Otegi dizendo: ‘Estou orgulhoso de ser espanhol e é evidente que a minha pátria pode-se democratizar.’Já sabemos, que Iglesias quando não que falar dum tema fala de outro, porém surpreende muito. Em primeiro lugar, perque ninguém questionava o feito de ser espanhol. Ele está orgulhoso: e que? Que tem isso que ver, com a ativação dum processo constituinte? Otegi falava dum problema de funcionamento e ele responde coas essências. E amais: A frase seguinte é de antologia: pois ninguém falava da sua pátria

12votadas
pechado

E já chegamos, Elipse número 8!

Continuamos somando Elipses no nosso Universo lusófono. Galiza, Portugal, Moçambique, Brasil... Avante a revista Elipse!!

Do 01/03/2016 ata o 31/03/2016
16votadas
pechado

O audiovisual que para o galego merecemos vídeo

Sería o mesmo a lingua galega sen o audiovisual? Isto é o que tenta responder o actor e actor de dobraxe Luís Iglesia nesta palestra.

 1 comentarios en: Cultura, Língua karma: 95
21votadas
pechado

Competências pendentes de transferir à Galiza são esquecidas nas negociações entre EnMarea e PSOE imaxe

O PSOE vem de remitir-lhe a En Marea o documento com as suas propostas a respeito da Galiza e salvando aspectos mais conjunturais da agenda política e mediática do momento como é a questão de ENCE na Ria de Pontevedra ou o tema dos preços do leite, não se abordam questões de mais relevância e longo alcanço para o País como são as competências pendentes de transferir à Galiza estabelecidas no Estatuto de Autonomia de 1981, como a criação duma polícia autonómica galega integral ou o controle de trânsito, costas e salvamento marítimo entre outras.

16votadas
pechado

Nace Televisión Rural de Galicia

Os concellos de Coles, Amoeiro e Maside lanzaron unha iniciativa de comunicación chamada "Televisión Rural de Galicia" coa pretensión de «dar voz aos concellos esquecidos».

8votadas
pechado

II xornadas de formación feminista en Vigo

Convidámosvos a partillar connosco estas II Xornadas de formación, debate e reflexión para continuar, máis fortes, na loita diaria feminista e antipatriarcal. Terán lugar o vindeiro 12 de marzo no Local Social Faísca (rúa Toledo nº9 – Calvario, Vigo) a partir das 11:00 horas da mañá

20votadas
pechado

O TSXG anula parte da ordenanza do uso do idioma en Lugo

O tribunal atende o recurso presentado por Galicia Bilingüe. Os apartados suprimidos sinalaban, por exemplo, que "o galego, como lingua propia de Galicia, é idioma oficial do Concello".

14votadas
pechado

O ex-presidente Lula, apreendido pela Polícia Federal

A Polícia Federal realiza na manhã desta sexta-feira (4) a 24ª fase da Operação Lava Jato no prédio do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e de seu filho Fábio Luíz Lula da Silva –também conhecido como Lulinha. Essa fase da operação, batizada de Aletheia, apura se empreiteiras e o pecuarista José Carlos Bumlai favoreceram Lula por meio do sítio em Atibaia e o tríplex no Guarujá....

18votadas
pechado

Plusvalía

1.bp.blogspot.com

13votadas
pechado

Percurso que faz ferver o nosso cérebro inçando-o de ideias, propostas, e ensonhações

Um percurso -colagem audiovisual- a que nos convidam Sabela Fernández e José Ramom Pichel num documentário carregado de «reintegratas». Dá voz ao reintegracionismo, um movimento excluído há décadas da opinião maioritária televisada e publicada, um movimento plural que, apesar dos intentos de marginalização por parte do poder e da “oficialidade” e ainda apesar dos seus próprios erros, continua a crescer e consolidar-se como um referente cultural para o país. Um movimento que, lembremos, consegue, em 2014, atingir a adesão unânime do Parlamento G

19votadas
pechado

Museus e Nation Building: Galiza vs. Catalunha

Construção de nação ou construção nacional (do inglês nation-building) é uma expressão utilizada em ciências sociais para referir ao processo de construir ou estruturar uma nação forjando uma identidade nacional. A construção de nação apoia-se na criação de símbolos nacionais, como a bandeira, hinos nacionais, dias patrios; também na criação de obras de infraestrutura que tenham um carácter emblemático e forneçam razões para a geração de um sentimento de orgulho nacional.

www.nacional.gal

17votadas
pechado

A liberdade expressão está passando a ser um remorso de outros tempos agora todo é ou pode ser terrorismo

O último caso ocorreu este mércores en Balaídos durante o partido entre o Celta e o Villarreal. Sufriuno un veterano socio do Celta, de 35 anos de antigüidade, que foi expulsado do estadio logo de enarborar unha vella bufanda da peña Celtarras que un garda de seguridade considerou como un "acto de exaltación do terrorismo". Relátano varias testemuñas e o propio implicado, que supera os 50 anos, no Faro de Vigo.

19votadas
pechado

Pompeu Fabra. "Uma língua subalterna representa povos subalternos"

Pompeu Fabra, concebeu o catalão, como uma língua que tem que ser NORMAL e GENUÍNA para ocupar todo o espaço social, que não pode ser reduzida e subalternizada a nenhuma outra. Como ele diz, uma língua subalterna representa povos subalternos. Na Galiza há um vácuo no conhecimento destes temas apavorante, e forma parte desse vácuo o pensar, que no catalão, exprimido de jeito muito simplificado, -nunca houve ñ-. Na Galiza não tivemos nenhum vulto(s) que assumissem essa tarefa, nem sequer o saudoso Ricardo Carvalho Calero, quem foi muito mais rece

7votadas
pechado

Redundâncias

Os verdadeiros amigos contam-se com os dedos da mão. Que grande verdade é essa. Nom, nom me refiro ao sentido metafórico de que os amigos som poucos e tal, isso tanto me tem. A grande verdade é que se contam com os dedos da mão. Parece-me umha precisom mui necessária, porque alguém poderia confundir-se e pôr-se a contar com os dedos do pé. E concordaredes comigo que ter que descalçar-se cada vez que queiras contar é bastante pouco prático, ou?

 sen comentarios en: Lecer, Humor karma: 87

Chuza